As invencionices de um opositor da Bíblia

07/08/2010 01:33

Há muitos irmãos acreditando em afirmações descabidas e inverossímeis, propagadas mediante canais do YouTube ou DVDs em série. A despeito de os argumentos apresentados no vídeo abaixo se autodesconstruírem, em razão da falta de base erudita por parte do “teólogo” que os propala, peço ao leitor que confira a refutação abaixo.

Nota-se que não falta ao autor do vídeo acima (o qual é também o apresentador da série em DVD Prepare-se) apenas base erudita. Falta-lhe também o temor de Deus. Contudo, se ao menos conhecesse um pouco (de modo nocional) os departamentos Teologia Bíblica e Teologia Exegética — que abarcam matérias como Bibliologia, Hermenêutica, Exegese, Filologia Sagrada, etc. —, saberia que Bíblia e Escritura são sinônimos. Ambos os termos aludem à Palavra de Deus escrita, que chegou até nós através da ação direta do Deus da Palavra, através dos séculos.

Na tentativa de se retratar — mas usando de muito sarcasmo — por ter dito que a Bíblia mente, em outro vídeo, o “teólogo” nega novamente, de uma só vez, a canonicidade, a unidade, a autenticidade, a autoridade, a imparcialidade, a infalibilidade, a inerrância e a indestrutibilidade da Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus. Ele também se equivoca quando sugere que são idólatras os cristãos que apresentam uma conduta biblicocêntrica.

Quanto à inglória e inútil polêmica em torno do nome de Jesus, pela qual o “teólogo” afirma que o Salvador deveria ser chamado de  
Yehoshua, nome hebraico que corresponde a Josué ("YHWH é salvação”), trata-se de mais uma das muitas questiúnculas que visam a confundir os incautos e desavisados. Aliás, essas pretensas contradições são similares às que os ateus, agnósticos, incrédulos e adeptos de seitas têm proposto, na tentativa de pôr em dúvida a inspiração plenária da Bíblia Sagrada.

Para quem não sabe, Josué era chamado de  
Oshea ben Num, isto é, “Oséias filho de Num” (Nm 13.8; Dt 32.44).Oshea significa “salvação”. Moisés mudou esse nome para Yehoshua ben Num, que significa: “Josué filho de Num” (Nm 13.16). Iesous é a forma grega para Yehoshua. E Jesus é a forma portuguesa para Iesous. Apenas isso.

Não há problema algum citar o nome hebraico  
Yehoshuaem grego (Iesous) ou em português (Jesus). Afinal, o Novo Testamento foi escrito em grego, e não em hebraico. Ademais, era comum, nos tempos neotestamentários, os hebreus usarem dois nomes. Veja o caso de Paulo: “Todavia, Saulo, que também se chama Paulo, cheio do Espírito Santo...” (At 13.9).

Portanto, repito, em grandes letras:  
NÃO ACREDITE NAS INVERDADES APRESENTADAS PELO AUTOR DO VÍDEO ACIMA. A BÍBLIA É SIM A PALAVRA DE DEUS!Tudo o que nela está escrito foi divinamente inspirado, soprado (gr. theopneustos) por Deus (2 Tm 3.16,17; 2 Pe 1.20; Rm 15.4). E ela chegou até nós por intervenção direta do nosso Senhor e Salvador.

Com temor e tremor,
 
Ciro Sanches Zibordi

—————

Voltar


Tópico: As invencionices de um opositor da Bíblia

Nenhum comentário foi encontrado.





Contato

Assembleia de Deus em Simões - PI

Rua Luís Aprígio de Carvalho SN
Centro - Simões-PI CEP - 64585-000


(89) 3456-1429
(89) 9911-7778-tim



Rádio Simões Gospel OnLine 24 Horas Clique para Ouvir

Deixe seu Recado.